sábado, 11 de junho de 2011


Você foi a esperança nos meus dias de solidão,a angústia dos meus instantes de dúvida, a certeza nos momentos de fé.

Um comentário:

Alê disse...

'...e por muito, muito tempo, apenas por saber que existias, é que continuei vivendo'